Idealizado pela Abrale – Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, o Movimento TJCC surgiu em 2014 com a união de 50 entidades da oncologia no Brasil que perceberam que individualmente as mudanças e conquistas conseguidas por cada uma seriam mais lentas. Uma das ações dessa rede é o Congresso Brasileiro Todos Juntos Contra o Câncer, que em 2016 está chegando em sua terceira edição. É com muita felicidade que a ACBG estará presente não somente como participante, mas como organizadora de um painel. Saiba tudo sobre o 3º Congresso clicando aqui.

O painel

TEMA: Câncer de Cabeça e Pescoço –Precisamos falar sobre isso!
DATA: 28/09/2016 – 15h às 17h
INSCRIÇÕES CLIQUE AQUI

Tumor de cabeça e pescoço é a denominação genérica de tumores que se originam de várias regiões das vias aéreo-digestivas, como boca, língua, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe (onde é formada a voz) e seios paranasais. É um problema de saúde pública em todo mundo, com cerca de 500 mil novos casos diagnosticados a cada ano. No Brasil, essa realidade não é diferente, o câncer de boca chega a ser o 4o tipo de tumor mais frequente em algumas regiões do país, ocorrendo 3 vezes mais em homens do que em mulheres. A maioria ainda é diagnosticada já em fase avançada da doença (60% dos casos), o que impacta negativamente na sobrevida do paciente. Nas últimas décadas percebe-se que a faixa etária dos indivíduos diagnosticados com tumores de boca e garganta reduziu significativamente. Além disso, outra mudança também ocorreu no gênero desses pacientes, com um aumento grande no aparecimento em mulheres jovens. A maioria em fase produtiva de vida e que perde a capacidade de comunicar-se e/ou alimentar-se normalmente, provocando um isolamento e exclusão não só social como também profissional restringindo o convívio normal com terceiros. O câncer de cabeça e pescoço, independentemente da modalidade terapêutica escolhida: cirurgia, químio ou radioterapia, causa sequelas psicológicas e anato-funcionais irreversíveis para qualidade de vida do paciente. A reabilitação integral e o cuidado permanente com essa população precisam evoluir muito no Brasil. Os diversos tipos de próteses necessárias nessas patologias não estão disponíveis aos pacientes na rede pública.

Palestrantes

  • Fga. Dra. Elisa Gomes Vieira – ACBG Brasil
  • Professora Dra. Elisabete Carrara de Angelis – A. C. Camargo Cancer Center/SP
  • Dra. Aline Lauda Freitas Chaves – Oncologista – Dom Oncologia/MG
  • Dr. Giulianno Molina de Melo – Cirurgião Cabeça e Pescoço – SBCCP
  • Dr. Luis Roberto Medina Santos – Cirurgião Cabeça e Pescoço – CEPON/SC
  • Professor Andrey Ricardo da Silva, Ph.D – UFSC/SC

Clique aqui para visualizar um arquivo em PDF com mais detalhes sobre cada palestrante e sobre os assuntos que irão abordar!

Convidados especiais

  • Alan Muller e Celso Berto – sobreviventes de câncer de laringe e associados à ACBG Brasil

alan-celso-acbg-brasil

  • Coral sua Voz do A. C. Camargo Cancer Center/SP fará uma apresentação

coral-sua-voz

 

Faça sua inscrição! Te esperamos por lá para que fiquemos todos juntos contra o câncer e façamos mudanças positivas 🙂

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] O painel da ACBG Brasil, Associação de Câncer de Boca e Garganta abordou o tema “câncer de cabeça e pescoço”. A associação de Florianópolis trouxe relatos emocionantes sobre laringectomizados, pessoas que tiveram a laringe removida cirurgicamente. Com a importância de se debater este assunto a AMUCC reconhece o trabalho da ACBG e a vê como referência quando assunto for câncer de cabeça e pescoço. […]

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Deixe seu comentário! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *