O local visitado da 12ª segunda viagem da Rede+Voz em 2019 foi o interior do estado de SP, na cidade de Jaú. A instituição visitada foi o Hospital Amaral Carvalho no dia 31/05/2019.

O Hospital Amaral Carvalho é um CACON e foi a primeira entidade hospitalar do interior do Estado de São Paulo especializada em câncer. Hoje o instituição é nacional e internacional para o tratamento oncológico, oferecendo tratamento para todos os tipos de câncer, desde crianças a adultos. Além disso é referência em ensino e pesquisa.
A fonoaudióloga Renata Fúria nós buscou ativamente para que a Rede+Voz realizasse uma visita ao Hospital.O dia da visita foi muito especial pois ocorreu no dia do encontro do grupo de pacientes coordenado pela Renata.
O encontro foi realizado pela manhã e teve 3 momentos: (a) Primeiro tivemos o evento do auditório, onde houve uma pequena apresentação sobre o Hospital Amaral Carvalho, seguido por uma apresentação institucional da ACBG; (b) A entrega das LEs para os pacientes selecionados pela equipe e um lanche de confraternização; (C) Em seguida, tivemos uma pequena reunião com a os profissionais da equipe multidisciplinar para conhecer mais detalhes do hospital.

Fomos muito bem recebidos pela única fonoaudióloga do hospital e organizadora da visita, Renata Fúria, pelos pacientes e familiares do grupo e pela equipe multidisciplinar constituída por: psicólogos, nutricionistas, farmacêutica, enfermeiros e assistentes sociais.

Durante a visita da Rede+Voz tivemos a oportunidade de doar pessoalmente 5 laringes eletrônicas através do projeto Laringe Eletrônica: uma voz possível. O evento organizado para as entregas das 5 LEs foi bem organizado e foi feito em conjunto com o encontro do grupo de pacientes, então tivemos a participação de 35 pacientes, alguns familiares e os profissionais da equipe multi do hospital. 

A fonoaudióloga Renata iniciou as atividades realizando a palestra sobre a instituição, mostrando falou da trajetória e funcionamento do funcionamento do hospital. Em seguida o pudemos mostrar o trabalho que a ACBG tem realizado por todo o Brasil. Eles ficaram encantados com as iniciativas do eixo de Advocacy e de Informação. Os pacientes e profissionais logo se prontificaram a participar da rede. 

Demos sequência com a doação de LEs, e para receber estiveram presentes os pacientes e seus familiares: Antonio Pedro Gamba, Marcos Felix Roberto, Maria de Nazareth Cruz, Ismael José Rodrigues e Aldevino Siena. Foram escolhidos pela fono e atendendo os critérios do projeto 4 homens e 1 mulher.

 As entregas foram extremamente festejadas por todos, inclusive pelos pacientes que não receberam LE, pois além de muitos já estarem confortáveis com a voz esofágica, eles ficaram extremamentes contentes que os seus colegas puderam voltar a falar. A união do grupo de acolhimento foi algo extremamente especial de presenciar e fechou a visita com chave de ouro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Deixe seu comentário! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *