Lauanda Santos da ACBG Brasil no Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia 2018

O XXVI Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, o III Congresso Ibero-Americano e o VI Encontro Sul-Brasileiro de Fonoaudiologia organizado pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) aconteceu de 10 a 13 de outubro de 2018 na cidade de Curitiba e a ACBG esteve presente.

O tema deste ano foi “Comunicação e direitos humanos: democratização do acesso às práticas fonoaudiológicas”. Em uma profissão que visa o acesso, integração e comunicação de todos, esse é um tema de extrema relevância. Na fonoaudiologia, lutamos pela promoção do diálogo e valorização de diferentes formas de comunicação, desta forma alcançando independência e autonomia social.

 

Lauanda Santos da ACBG Brasil no Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia 2018

A ACBG presente no XXVI Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, o III Congresso Ibero-Americano e o VI Encontro Sul-Brasileiro de Fonoaudiologia, representada pela Fga Lauanda Santos.

 

A Programação Científica foi bastante ampla e abrangeu todas as áreas da Fonoaudiologia, nela podemos encontrar nomes conhecidos de cada segmento. Dentre a programação havia conferências magnas, discussão de casos clínicos na perspectiva interdisciplinar e com enfoque no trabalho em equipes, sessões comentadas de trabalhos científicos, minicursos e outros.

A Fga Lauanda Santos representou a ACBG em uma mesa compartilhada com a Fga Vera Martins (Porto Alegre) e coordenada pela Fga Margaeth Bracet (Espírito Santo) com o tema “Politicas públicas e ações de ONGs para reabilitação oncológica”. Em sua apresentação, foi possível falar as lutas e conquistas da ACBG, além do seu histórico, projetos como Rede+Voz e GTCCP (Grupo de Trabalho em Câncer de Cabeça e Pescoço).

 

Lauanda Santos da ACBG Brasil no Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia 2018

Mesa com o tema “Politicas públicas e ações de ONGs para reabilitação oncológica”. Da esquerda para direita: Fga Lauanda Santos (Florianópolis, SC), Fga Vera Martins (Porto Alegre, RS) e coordenadadora Fga Margaeth Bracet (UFES, ES).

 

Na plateia haviam profissionais e alunos de graduação em Fonoaudiologia, foi de suma importância falar sobre os eixos da ACBG e principalmente o advocacy. Foi levantado um debate sobre o valor dos profissionais de saúde se unirem aos pacientes em suas lutas e dar voz a causa.

O estudante de Fonoaudiologia da UFF (Universidade Federal Fluminense- RJ), Guilherme Maia, compartilhou sua experiência sobre a campanha Julho Verde e a importância do incentivo da ACBG, que contribuiu fornecendo o material para que a informação fosse levada à comunidade. A informação é imprescindível para empoderar os indivíduos sobre os cuidados que devem tomar consigo e a prevenção é um dos pilares da saúde.

 

Lauanda Santos da ACBG Brasil no Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia 2018

Da esquerda para direita: Vinícius Maia (graduando em Fonoaudiologia, RJ), Fga Neyller Montoni (AC Camargo e vice coordenadora do departamento de Disfagia da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia), Fga Lauanda Santos (Florianópolis, SC), Fga Vera Martins (Porto Alegre, RS), Fga Margaeth Bracet (UFES, ES) e Emilly (graduando em Fonoaudiologia, RS).

 

A participação da ACBG no referido evento foi enriquecedora e trouxe à tona um assunto que ainda é pouco difundido entre os profissionais de saúde, a atuação dos mesmos em ONGs e lutas por melhorias das políticas públicas. Sentimos que uma semente foi plantada em cada um que estava presente nessa palestra.

Relato produzido por Lauanda Santos, fonoaudióloga e voluntária da ACBG Brasil.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Deixe seu comentário! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *