Estamos muito felizes em anunciar que a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG Brasil) é uma das organizações ganhadoras do Prêmio Força-Tarefa Interinstitucional 2020 das Nações Unidas (ONU) para a Prevenção e Controle de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs). A ONU concedeu o prêmio com o intuito de reconhecer os esforços incansáveis ​​para melhorar as condições de vida de pacientes com câncer de cabeça e pescoço. Foram levados em consideração nosso trabalho realizado nas áreas de advocacy, sensibilização e reabilitação.

A ACBG foi a única organização brasileira a receber o prêmio neste ano, juntamente com organizações de outros países como Argentina, Gana, Austrália e Japão.

 

 

 

Em síntese, o Prêmio Força-Tarefa 2020 da ONU tem como objetivo reconhecer as ações realizadas durante 2019 para prevenção e controle de DNCTs, saúde mental e outras metas de desenvolvimento sustentável relacionadas à saúde e bem-estar. Desse modo, os vencedores foram selecionados por um comitê formado por várias agências das Nações Unidas.

O anúncio oficial ocorreu nesta quinta (24/09) no evento Amigos da Força-Tarefa organizado na ocasião da semana de alto nível da Assembleia Geral da ONU, através de vídeoconferência. 

 

 

Segundo Maria Júlia Guedes, gestora de projetos da ACBG Brasil, esta conquista certamente é muito importante para a organização:

“Esse prêmio, com toda a certeza, é um marco na história da ACBG! Há 5 anos lutamos para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e portadores de câncer de cabeça e pescoço no Brasil.  Com toda a certeza, um reconhecimento como este reafirma a relevância do nosso trabalho. Desse modo, estamos a cada dia mais próximos de alcançar nossa missão: dar voz a quem não tem!”

 

Sobre a ACBG Brasil

A ACBG Brasil é uma organização da sociedade civil de direito privado e sem fins lucrativos. Trabalhamos em prol dos portadores de câncer de cabeça e pescoço em todo o Brasil.  Portanto, nossa orientação é fundamentada em quatro eixos estratégicos:

  • Advocacy
  • Inclusão social
  • Informação
  • Reabilitação

Você pode conhecer mais sobre a ACBG lendo mais artigos em nosso blog ou seguindo nossas redes sociais e canal do youtube.

 

2 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Deixe seu comentário! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *